Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Para todo o sempre...

A justa, linda analogia

Nas ruas...

Pisar na lua.

Oxum, mãe.

À LUTA